Coronax – Números do medicamento Onor contra a Covid impressionam até especialistas

Por Annabelle Rech

26/02/2021

Como Executiva da Onor Empire, me encontro sempre com muitas pessoas.
Tenho conversas e longas reuniões, e faço muitas viagens.
Isso tudo teve que mudar e uma nova rotina ser adaptada, por conta da pandemia de Covid-19.
Como todos devem se lembrar, falei disso em outra oportunidade, eu contraí a doença mesmo com todos os cuidados.
Fiquei dias difíceis no hospital, e graças a nossa equipe de pesquisadores melhorei.

No dia 18 de janeiro lançamos a Coronax.
Uma medicação a base de ervas medicinais, estudadas e com eficácia comprovada de 95% nos tratamentos de casos para a Covid-19.

A medicação começou a ser liberada para venda, e estamos a comercializando desde então.
Um motivo a se comemorar, é que no exterior, vendemos 60 mil frascos do medicamento, desde sua inauguração em vendas.
Cada um deles tem, 60 cápsulas do medicamento.
Essas medicações salvaram, 60 mil vidas.
Além disso, comercializamos outras 28,9 mil unidades de nossa Coronax injetável, para ser ministrada em ambiente hospitalar.
Mais, 28,9 mil vidas salvas.
Beneficiamos fora do Brasil, 89,9 mil pessoas diretamente que na sua ampla maioria, 88,7 mil, se recuperaram do Coronavírus.
86,5 mil delas sem nem uma sequela.

Esses números nos animam para que continuemos, no Brasil, na Alemanha em Taiwan, continuemos a produzir em ritmo acelerado as doses de nossa Coronax.
Trabalhamos em turnos alternados, 24h por dia para darmos conta de nossa linha de produção.

Até o final de março, entregaremos ao exterior, mais 30 mil frascos da medicação.
O que representa, 90 mil potes em cápsulas, das 200 mil que prometemos entregar até o final do ano.

No Brasil, as pessoas estão se convencendo e descobrindo, os benefícios do nosso medicamento.
Nós conseguimos vender, 20 mil frascos do medicamento, no primeiro mês de livre comercialização.
5,8 mil doses injetáveis foram comercializadas para hospitais de diversas cidades na rede particular de saúde.
12,9 mil doses, usadas em nossos pacientes na Santa Clara, desde as pesquisas até a data de 25 de fevereiro.
Com eficácia grandiosa tratamentos bem sucedidos, e a certeza de estarmos no caminho correto.

Estamos ainda, buscando nos aperfeiçoar.
Por isso ainda pesquisamos outras fórmulas para saber se mais alguma pode, e a que ponto, beneficiar as pessoas.
Nosso compromisso não é com este ou aquele governo.
Nosso compromisso é com a vida.

Ainda que o SUS federal tenha rejeitado nossa oferta de tratamento,
acreditam que obtém-se melhor resultado com a Cloroquina,me
não desistiremos de oferecê-lo a outros governos, em estados e municípios.
E estamos abertos a negociar e comercializar, para quem quiser.
Saúde é um direito de todos, e proporciona-la com qualidade é a função dos médicos, pesquisadores e empresários que atuam nesta área.