Prevent libera programa Protector para monitorar pacientes atendidos pela rede hospitalar

29/03/2020

Como mais uma medida de ajuda e combate ao Coronavírus, e para evitar saídas de casa sem necessidade de pacientes, a Onor Prevent, está ampliando a área de cobertura do
programa Protector.
O programa é uma central de monitoramento, que monitora em tempo real através do GPS de relógios de monitoramento cardíacos e de celulares, seus pacientes da rede Prevent de
planos médicos.
Agora, esse monitoramento está sendo estendido, a todos os pacientes da rede hospitalar.

Hoje, a Prevent tem 23,9 mil clientes cadastrados em sua carteira de planos de saúde, que podem usufruir da Protector.
Mas, a rede hospitalar tem um cadastro maior de pacientes, que são atendidos por convênios com outras prestadoras de saúde.
São, 19,4 mil pessoas que estão nessa situação, e que passarão a contar com a cobertura.

Para fazer o monitoramento é necessário se ter um relógio de monitoramento cardíaco, ativo na central Protector.
Ou ainda, cadastrar um número de celular, que poderá ser usado para monitoramento 24h.
É importante que o chip cadastrado esteja ativo, e depois o usuário precisa entrar no site indicado pela Onor, para ativar o monitoramento.
É necessário dar permissões direto do aparelho monitorado, para acesso a câmera e microfone.

Com o Protector, em casos de mal súbito ou outros problemas dos pacientes, eles poderão ser atendidos mais rapidamente por um profissional de saúde da Onor Prevent,
que será capaz de avaliar se o atendimento poderá ser por telemedicina, ou presencial.

Ao todo, 43,3 mil pessoas poderão se cadastrar no programa a partir de hoje, 29 de março.
O monitoramento gratuito vai seguir pelo prazo de 60 dias, até 29 de maio.
Pode ser prorrogado se houver necessidade, ou suspenso se neste período, houver suspensão da quarentena.
Mas, todos serão informados com antecedência sobre qualquer Status, garantiu Dra. Giovana Granzzoti, Superintendente da Onor Prevent.

Quem quiser, pode também contratar o serviço a parte, pagando um valor mensal,
para o uso com relógio, o monitoramento custa hoje R$ 220,00 mensal.
Já para uso com celular e dispositivos móveis, o custo é de R$ 180,00, podendo cadastrar até 3 diferentes aparelhos.

Assessoria de Imprensa – contato@onor.com.br